Meditação e Einstein

Meditemos sempre. Sozinhos ou em grupo. Também em oração. Se os pensamentos vierem, deixe que venham. Solte aquilo que está preso em sua mente. Abra-se para a fonte infinita do Universo. Alguns fizeram descobertas incríveis para a humanidade.

Pode ser com música que ajude a relaxar, sentado, deitado ou de pé. Não importa. Não se prenda às regras, mas respire bastante. Use o ar ao seu favor.

Muitos que viram, ouviram e leram esta frase de Einstein, o classificaram como louco, sem lógica, que é algo muito “místico” e ainda  alguns desses o acusam até hoje de plagiador, cientista apenas famoso e etc. A verdade é que a ciência cada vez mais avança no campo quântico e aprende que o que se pensa de “raciocínio lógico” é muito limitado ao ser humano. Somos mais que isso e Einstein tinha essa consciência e não teve vergonha de revelar.

Para saber mais sobre esse assunto sobre Albert Einstein, pouco comentado no meio científico convencional, recomendo a leitura do livro Einstein – O enigma do universo de Huberto Rohden (Editora Martin Claret).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s